Viagem com animais

Pretende viajar com o seu animal de estimação? Veja abaixo todas as informações necessárias para fazer uma viagem com animais!


O transporte do animal não pode prejudicar o conforto e comodidade dos outros passageiros, por esta razão, existem algumas condições:
  • O passageiro que estiver transportando o animal, tem como obrigação higienizar o contêiner caso o animal faça suas necessidades ou emita cheiro que ocasione desconforto aos demais passageiros.
  • Caso o animal produza barulhos, como latidos ou miados, o dono do animal deve seda-lo, sob pena de impedimento para prosseguir viagem.
Conheça os procedimentos e legislações aplicadas a cada órgão regulamentador de acordo com a sua viagem:

Linha Interestadual (ANTT) e linhas intermunicipais do ES (CETURB), RJ (DETRO) e MG  (DER MG)

Diretriz:
O transporte de animais será realizado no salão do veículo, sendo obrigatório a compra de uma passagem para o animal na poltrona ao lado do passageiro. O animal deve possuir o peso de até 10Kg, estar acomodado em container com o limite de tamanho de 44x36x27 (CxLxA), sendo somente 01animal por container. Serão aceitos até 02 (dois) contêineres por viagem, sendo apenas 01 por passageiro. O animal deverá, obrigatoriamente, estar sedado ao embarcar e assim permanecer durante toda a viagem.

Documentação: Deverá ser apresentado, atestado médico veterinário, emitido no período máximo de 10 (dez) dias antes da viagem, declarando boa condição de saúde do animal e carteira de vacinação atualizada e com o registro de vacinas anti-rábica e polivalente.

Exceções: para viagens nas linhas Salvador x Aracaju e Salvador x Petrolina, está autorizado o embarque de animais sem cobrança de passagem. Para viagens nestas linhas em que não haverá cobrança de passagem o animal não poderá ocupar uma poltrona e o container deverá ser alojado no assoalho do veículo, próximo (abaixo da perna) do passageiro restrito ao espaço físico da poltrona do mesmo passageiro e lá deverá permanecer até o fim da viagem. 

Você pode comprar a passagem do seu animal de estimação nas nossas agências e no Disque Passagem e para todos os serviços: Convencional, Executivo, Semi Leito, Leito e DD. A passagem para o pet não está disponível no site.
As regras de troca, remarcação e cancelamento das passagens compradas para o animal são as mesmas para as passagens de pessoas.  Clique aqui e saiba mais!

Casos especiais:

Cão-guia: deve estar acompanhado do deficiente visual e apresentar registro de escola de cão-guia e atestado de sanidade.
Para cão-guia não é realizada cobrança de passagem, não tem limite de peso e nem é necessário o uso do contêiner. O limite de quantidade por veículo não se aplica ao cão-guia.

Aves e Animais Silvestre: a apresentação de atestado veterinário e GTA (Guia de Trânsito Animal) é obrigatória.
O animal deve possuir o peso de até 10kg, estar acomodado em container com o limite de tamanho de 44x36x27 (CxLxA), sendo somente  1 animal por container.

Serão aceitos até 02 (dois) contêineres por viagem, sendo apenas 1 por passageiro.

Legislação interestadual (ANTT): Decreto 2521 de 20 de março de 1998, art. 30º. Resolução ANTT 1383- 2006 art. 7º
Legislação intermunicipal ES (CETURB): Decreto 2521 de 20 de março de 1998 art. 30º, Norma complementar 009/2018
Legislação intermunicipal RJ (DETRO): Decreto 2521 de 20 de março de 1998, art. 30º. Lei Nº 4.808, de 04 de julho de 2006.
Legislação: Decreto 2521 de 20 de março de 1998, art. 30º. Lei Estadual 13.655 de 14 de julho 2000, art 2º. Decreto 44603 de 22 de agosto de 2007, art 19º.


Linha Intermunicipal BA (AGERBA)
Para viagens em linhas da AGERBA não haverá cobrança de passagem. O animal deve possuir até 10Kg, estar acomodado em um container, alojado no assoalho do veículo, próximo ao passageiro, restrito ao espaço físico da poltrona do mesmo passageiro e lá deverá permanecer até o fim da viagem.

O container deverá atender as seguintes especificações:  41x36x33 (CxLxA), cada contêiner só poderá conter 01 animal. Serão aceitos, por viagem, até 03 (três) animais, sendo 02(dois) domésticos e 01 (um) cão guia. O animal deverá, obrigatoriamente, estar sedado ao embarcar e assim permanecer durante toda a viagem que se realizar entre 18h e 06h.

Documentação: Deverá ser apresentado, atestado médico veterinário, emitido no período máximo de 15 (quinze) dias antes da viagem, declarando boa condição de saúde do animal e carteira de vacinação atualizada com o registro de vacinas anti-rábica e polivalente.

Casos especiais:
Cão-guia: deve estar acompanhado do deficiente visual e apresentar registro de escola de cão-guia e atestado de sanidade.
Para cão-guia não é realizada cobrança de passagem, não tem limite de peso e nem é necessário o uso do contêiner. O limite é de 01 por viagem.

Aves e Animais Silvestres: é necessária apresentação de atestado veterinário e GTA (Guia de Trânsito Animal).
O animal deve possuir o peso de até 10kg, estar acomodado em container com o limite de tamanho de 44x36x27 (CxLxA), sendo somente 1 animal por container. Serão aceitos até 02 (dois) contêineres por viagem, sendo apenas 1 por passageiro.
Legislação Linha Intermunicipal MG (DER MG): Decreto 2521 de 20 de março de 1998 art. 30º, Resolução AGERBA Nº13 de 16 de maio de 2014.

Como emitir o GTA:
Para fazer a emissão da GTA o proprietário ou responsável pelo animal deve se dirigir ao IDAF portando os seguintes documentos: Identidade, CPF, Comprovante de residência e pagar uma taxa. Informar o endereço e demais informações de origem e destino dos animais a serem transportados e portar os documentos referentes às vacinações e atestados de exames negativos dentro do prazo de validade, conforme a finalidade e espécie a ser transportada.

Para mais informações orientamos que seja feito contato com o IDAF da região. Não é permitido o transporte de cobras ou animais peçonhentos.