Apoio aos atletas que participarão dos Jogos Paraolímpicos Rio 2016

19/07/2016

Terceiro evento esportivo de maior público no mundo, os Jogos Paralímpicos terão a primeira edição realizada na América Latina em 2016, que contará com a participação de mais de 4 mil paratletas. Os Jogos serão realizados de 7 a 18 de setembro, na capital carioca e envolverão mais de 176 países em 23 modalidades esportivas.

 

A Viação Águia Branca, que têm como legado a valorização de pessoas e pauta suas ações em responsabilidade social, estará apoiando mais de 80 paratletas e 150 guias, do Projeto Paradesporto Capixaba. De acordo com Luiz Claudio Locatelli, representando do Projeto, todos os paratletas selecionados pelo projeto treinam juntos e a iniciativa abrange 11 entidades, sendo 8 delas de alto rendimento, com atletas cadastrados no Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). “A atuação de empresas de grande porte, como a Viação Águia Branca, em ações de responsabilidade social é imprescindível para a participação dos atletas nas competições, eventos paralimpicos e afins”, destaca. 

 

Ele acrescenta que o esporte é uma ferramenta de inclusão, que pode ser utilizada para tornar nossa sociedade mais tolerante e acolhedora com as singularidades de cada individuo. “Temos em nossa lista de atletas campeões que venceram todas as dificuldades colocadas diante deles. Eles superaram seus próprios limites e encontraram no esporte a força para recomeçar. Hoje são destaques e referencias”, comemora Luiz. 

 

Sobre o projeto

 

Paradesporto Capixaba é um Projeto Social que atende pessoas em condição de deficiência em parceria com as com entidade publicas e privadas da Grande Vitória e realiza ações de assessoria técnica e de apoio a instituições de ensino, treinamentos e reabilitações, e produções cientificas e pesquisas sobre a inclusão social. Segundo dados do IBGE, 23,45% da população capixaba possuem algum tipo de deficiência, diante dessa realidade o projeto nasceu com objetivo de atender pessoas com deficiências físicas, visuais, intelectuais, paralisados cerebrais, anões e demais necessidades específicas. Seu funcionamento acontece regularmente no estádio de atletismo do Ifes, campus Vitória.